Simplicidade no Design

Simplicidade no Design

A quantidade de informações publicadas na web trouxeram maior conforto e agilidade para nossas tarefas, porém, além de gerar uma falsa necessidade de estar online 24 horas por dia e “ficar por dentro” de qualquer assunto em evidência na internet, muitas das vezes perdemos nossa atenção com informações irrelevantes.

Diversas empresas vendem seus produtos com um rótulo de simplicidade, prometendo facilitar a vida do consumidor mas nem sempre isso ocorre. Algo como usar um smartphone pode ser uma tarefa simples para um jovem, entretanto, quando uma pessoa com idade mais avançada tenta utilizar o aparelho, se torna uma situação complicada ou até mesmo frustrante. Utilizar uma chave de fenda comum para apertar o parafuso é algo instintivo para alguns, porém para quem não tem o costume com ferramentas pode não ficar claro para qual lado devemos girar a chave para apertar o parafuso, tornando a tarefa mais complexa.

Durante décadas o design foi se aperfeiçoando, a antiga ideia do robusto e pesado como algo confiável e de qualidade foi sendo substituída por aparelhos cada vez menores e mais simples, criando uma falsa necessidade de se ter um cuidado especial com o produto, trazendo a ideia de fragilidade. Outro fator significativo foi a evolução em diversos aparelhos como os players de música, que possuíam diversos botões com funções variadas, e que atualmente funcionam com poucos ou até mesmo um botão.

 

Evolução dos Players

Evolução dos Players

 

Um exemplo é o próprio iPod, que teve uma evolução significativa em sua experiência de usuário desde a mudança da posição dos botões até a estrutura minimalista que conhecemos hoje, modificando inclusive a sua estrutura. Na imagem 2 vemos uma grande mudança estrutural, onde foi inserido um menu horizontal acima do contorno tradicional.

 

Evolução do iPod

Evolução do iPod

 

Outra evolução natural dentro do design em busca da simplicidade foi a mudança do Skeumorfismo para o Flat Design, caso queira saber mais sobre ambos basta clicar aqui.

Portanto vimos que a simplicidade é relativa e pode ser alterada conforme a percepção e experiencia do usuário com o produto. Por isso é importante o desenvolvimento com clareza e objetividade, de forma que qualquer pessoa mesmo que leiga possa utilizar seu serviço ou produto.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo ou entre em contato conosco através do contato@webframe.com.br

Simplicidade no Design
The following two tabs change content below.

Yuri Zaban

Designer web focado em desenvolvimento de sites, criação, identidade visual, email marketing e branding. Sou antenado em tecnologia além de acompanhar diariamente as principais tendencias do mercado.

Latest posts by Yuri Zaban (see all)